O Comitê de Produtos da Abracorp, depois de sucessivas reuniões com representantes das cinco locadoras de maior relevância no mercado, chegou à padronização e simplificação dos vouchers de faturamento para as agências de viagens. Além do comitê formado por representantes da Avipam, Costabrava, Hostway, Alatur e Tivolitur, o grupo de trabalho incluiu as locadoras Avis, Hertz, Localiza, Movida e Unidas. Chegou-se à conclusão de que apenas cinco modelos de documento atendem cerca de 90% dos mais de 20 atualmente em uso.

O setor de locação representava, até 2015, cerca de 1,5% do total do volume de vendas das associadas ABRACORP. Esse número saltou para 2,3% em 2016, mas ainda está muito aquém do potencial de locação de veículos pelo segmento de viagens corporativas. Com a racionalização do número de vouchers e a consequente simplificação e automatização de processos, a expectativa é de crescimento. “O impacto positivo da mudança extrapola o segmento corporativo e vai alcançar todo o mercado de turismo”, projeta Gervásio Tanabe, diretor executivo da Abracorp.

Para a direção da MOVIDA, “a padronização mostra o amadurecimento do mercado de locação. O processo padronizado e automatizado, facilita e simplifica o dia a dia do consultor”. Já a Avis Budget Brasil entende que “a padronização de vouchers trará segurança e simplicidade ao consultor de viagens”. Paulo Henrique Pires, diretor de vendas da Localiza, sustenta que “investir na experiência do cliente e simplificar processos para venda é um dos principais focos da nossa empresa. Neste contexto, a padronização trará grandes ganhos para o agente de viagens e para toda a indústria de aluguel de carros”.

Daiana Moreira, coordenadora de comitês da Abracorp, acredita que “a medida vai desburocratizar e tornar as vendas mais dinâmicas e seguras. Menos formatos e menos códigos, para facilitar a vida dos nossos consultores”. Marcello Restivo, da Tivolitur e integrante do Comitê de Produtos da Abracorp, afirma que “as locadoras envolvidas aprovaram a ideia e trabalharam muito para viabilizar o projeto.  GDS`s e OBT´s também cumpriram seu papel na distribuição com bastante eficiência”.