A capital portuguesa, Lisboa, a mais brasileira das cidades europeias, vai receber a Abracorp – Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas, para a convenção anual da entidade. O evento ocorrerá entre os dias 1º e 4 de dezembro, nas dependências do Hotel Dom Pedro. Além do hotel anfitrião, iniciativa conta com patrocínio da TAP.

A convenção deste ano tem um caráter especial, uma vez que nela será discutido o planejamento estratégico da entidade para os próximos anos. Esse planejamento tem vínculo direto com os negócios das próprias associadas Abracorp – daí a sua importância.

Baseia-se nas alavancas de valor, compiladas em quatro macro pilares que tem impacto direto em toda a cadeia produtiva de viagens, ou seja: os associados, os comitês temáticos, a comunicação e a capacitação. Será a guia-mestra dos caminhos que a entidade irá percorrer a partir de 2017. Esse trabalho é realizado pela KPMG.

Vai contemplar questões cruciais, como clientes e canaisprodutos e serviçosinfraestrutura e tecnologiagovernançapessoas e cultura. Prevê a criação de um dashboard com métricas claras de gestão dos processos. Os projetos que serão conduzidos a partir de janeiro/17 compõem a pauta principal da convenção. Outro item relevante serão os novos indicadores que a Abracorp disponibilizará a partir de janeiro/17. Além das informações tradicionalmente divulgadas há 5 anos, agora os indicadores serão base de um BI (business Intelligence) Abracorp.

Vão revelar muito mais que a participação de mercado aos associados e fornecedores, mas um amplo cardápio de dados gerenciais. Inclui tipos de tarifas por cabines, par de cidades, período de estadia, destinos, entre outras informações de alta relevância, capazes de propiciar um estudo consistente de benchmarking e de tendências.

Relações parceiras

As parcerias, mais uma vez, foram determinantes para a escolha de Lisboa como sede da convenção deste ano. O país e sua capital buscam a consolidação no cenário mundial dos destinos corporativos, com investimentos em equipamentos e infraestrutura para a realização de pequenos, médios ou grandes eventos – corporativos ou não. Considerando a importância das ligações aéreas para a escolha de destinos, a TAP Portugal está muito bem situada no Brasil, com operações a partir de 10 cidades brasileiras para Lisboa e Porto. O fato é que o segmento corporativo entrou com força total na pauta da TAP e faz parte dos objetivos da companhia aérea para 2017.

Segundo diretor do Turismo de Portugal, em São Paulo, Bernardo Cardoso, “com esta parceria com a Abracorp, que é referência no segmento corporativo, pretendemos apresentar Portugal como uma opção válida para os seus associados e clientes”. Conhecido como um dos melhores destinos de lazer na Europa, o país vem se destacando, também, no turismo de negócios e eventos. Para se ter uma ideia, o segmento MICE (Meetings, Incentives, Conferences e Exhibitions) superou, em 2015, o de ‘sol e mar’, de acordo com a Associação da Hotelaria de Portugal (AHP).

Lisboa é considerada uma das capitais mais seguras de todo o continente europeu. Vem ganhando a preferência para a localização de centros de serviços de empresa multinacionais e hoje é uma das cidades mais vibrantes da Europa. Não por acaso, tem o status de um grande hub para startups, além de ser sede do Web Summit – maior evento de tecnologia e inovação do mundo – em 2016, 2017 e 2018.